O português Ricardo Sá Pinto anunciou hoje que vai deixar o comando técnico do Gaziantep, atual oitavo classificado da Liga turca de futebol, no final da presente temporada, que considera ter sido “boa, com muitas vitórias importantes”.

“Após o anúncio de que o nosso presidente vai deixar o Gaziantep FK, decidi também deixar o clube. Tínhamos um projeto desportivo em comum, para o qual fui contratado para liderar pelo Sr. Mehmet Büyükekşi”, justificou o treinador luso, citado pela sua assessoria de imprensa.

A três jornadas do final do campeonato turco, Ricardo Sá Pinto, de 48 anos, considera que a época foi positiva e garante que “vai continuar a trabalhar duro até ao fim”.

“Vou liderar a equipa e os meus jogadores nas últimas três partidas [contra Kayserispor, Rizespor e Hatayspor]. Fizemos uma boa temporada, com oito pontos a mais em relação ao ano passado, e muitas vitórias importantes”, assegurou Sá Pinto, que chegou ao Gaziantep em janeiro deste ano.

Por fim, deixou palavras elogiosas ao clube e desejou “boa sorte” para a próxima temporada: “O Gaziantep FK é um clube incrível, com fãs apaixonados. Com a combinação certa de realismo, liderança e organização, estamos destinados a grandes coisas”.

O Gaziantep soma, 54 pontos, no oitavo lugar da Liga turca, liderada pelo Besiktas, com 81.

Em 20 janeiro, o treinador luso ingressou no Gaziantep, no qual alinham os compatriotas Roderick Miranda e André Sousa, assinando um contrato de duas épocas e meia, numa altura em que a equipa ocupava a terceira posição do campeonato.

Ao longo da carreira, Sá Pinto passou pelo futebol grego, belga, sérvio, polaco e em Portugal orientou Sporting, Belenenses e Sporting de Braga.

*Artigo atualizado às 19h32

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.