O diretor de desenvolvimento da FIFA, o antigo treinador francês Arsène Wenger, disse hoje que o fora de jogo no futebol pode passar a ser detetado de forma automática em 2022, a tempo do Campeonato do Mundo.

“Há uma boa probabilidade de o fora de jogo ser automático em 2022. (...) Será uma das próximas grandes evoluções na arbitragem”, explicou o antigo técnico, em conferência de imprensa, em referência a uma das regras mais polémicas da modalidade.

VIDEO - Polémica do momento: foi com este golo em fora de jogo que a França venceu a Liga das Nações
VIDEO - Polémica do momento: foi com este golo em fora de jogo que a França venceu a Liga das Nações
Ver artigo

Segundo Wenger, a medida pode chegar ainda a tempo do Mundial2022, no Qatar, com um novo relatório sobre a matéria a estar previsto até ao final do ano, dando-se depois início a conversas com o International Board, que rege as leis do futebol.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.