O francês Willy Sagnol foi designado novo selecionador da Geórgia para os próximos dois anos, sucedendo ao eslovaco Vladimir Weiss, confirmou hoje a federação daquele país à agência noticiosa espanhola EFE.

Depois de falhado o apuramento para o Euro2020, adiado para 2021 devido à pandemia de covid-19, o técnico gaulês, de 43 anos, vai liderar a seleção georgiana na fase de qualificação do Campeonato do Mundo de 2022, na qual terá como adversários a Espanha, Suécia, Grécia e Kosovo.

Willy Sagnol, que assinou um contrato com a possibilidade de prolongar por mais dois anos, estreia-se no comando da equipa em solo sueco, no dia 25 de março, seguindo-se, três dias depois, o embate frente à Espanha, em Tbilisi.

"Foi difícil encontrar um treinador que cumprisse todos os critérios. Sagnol teve uma carreira magnífica como jogador de futebol. Ele tem uma mentalidade vencedora, o que é muito importante para os jogadores de futebol da seleção nacional", disse Alexandr Iashvili, vice-presidente da Federação.

Ao longo da carreira como treinador, o antigo internacional orientou as camadas jovens da seleção francesa e a equipa principal do Bordéus, entre 2014 e 2016.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.