O presidente do Progresso da Lunda Sul, António Jamba, manifestou terça-feira a intenção de o clube desistir, nos próximos dias, do campeonato nacional de futebol da primeira divisão, Girabola, por razões financeiras.

Em declarações à imprensa, a propósito da falta de comparência da sua equipa ante o Progresso do Sambizanga, o dirigente solicitou o governo provincial e outros patrocinadores no sentido de “acudirem” o clube.

Admitiu a possibilidade de escrever para a Federação Angolana de Futebol (FAF), para a desistência do Girabola2017, porque os jogadores estão a oito meses sem salários e prémios de jogo.

A equipa do Progresso da Lunda Sul não jogou esta terça-feira, no estádio municipal das Mangueiras, em Saurimo, com a congénere do Sambizanga devido a uma greve decretada pelos jogadores, por falta de salários nos últimos oito meses.

O representante da Lunda Sul ocupa a 14ª posição com 18 pontos e o Progresso do Sambizanga soma 34 pontos no sexto lugar, numa prova comandada pelo 1º de Agosto com 50 pontos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.