A direção do Atlético Sport Aviação (ASA) demitiu hoje o seu treinador, Ernesto Castanheira, devido aos maus resultados no Girabola, onde ocupa a última posição com apenas um ponto em quatro jogos.

Segundo o vice-presidente para o futebol dos "aviadores", Cesário Ebo, que falava à Rádio 5, os maus resultados que a equipa vive estiveram na base da rescisão amigável do contrato com o treinador, que havia assinado por dois anos e cuja meta era melhorar a prestação comparativamente ao campeonato anterior, onde garantiu a permanência na primeira divisão apenas nas últimas jornadas.

"Confirmo que chegamos a um acordo porque os resultados não são os melhores. Queremos começar a ganhar e melhorar a classificação atual", disse.

Enquanto procuram outro treinador, a equipa será orientada pelo até então técnico adjunto Paulo Alves "Paulão".

Na estreia do presente Girabola os aviadores perderam por 0-3 com o Benfica de Luanda, somaram nova derrota (1-2) diante do Interclube, um único empate (1-1) frente ao Benfica do Lubango, viu o seu jogo da quarta jornada frente ao Petro de Luanda adiado e no último domingo averbou mais um desaire frente ao Progresso do Sambizanga, por 1-2.

O ASA ocupa a última posição com apenas um ponto, prova liderada pelo Kabuscorp do Palanca com 13 pontos.

O clube "aviador", que hoje assinala o seu 63º aniversário, já sagrou-se campeão em três ocasiões, sob orientação do português Bernardino Pedroto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.