O campeonato angolano de futebol 2020/21, com início previsto para 03 de outubro, está "adiado sem data" e "condicionado" ao evoluir da covid-19 em Angola, disse hoje uma fonte da Federação Angolana de Futebol (FAF).

Segundo a fonte, contactada pela Lusa, a FAF aguarda também por uma decisão da Comissão Interministerial de Controlo e Combate à covid-19 angolana sobre a retoma das competições federadas.

A 43ª edição do Girabola foi sorteada em 16 setembro passado e tem como jogo de cartaz na primeira jornada o encontro entre 1º de Agosto, tetracampeão angolano em título que será orientado pelo português Paulo Duarte, e o Interclube, treinado pelo português Ivo Campos.

Grande parte das equipas inscritas para a prova defende a realização de testes aos jogadores e equipas técnicas antes do início dos treinos que oficialmente começaram em 19 de setembro.

A imprensa angolana notícia que o plantel do 1º de Agosto, com alguns jogadores já testados à covid-19, realiza hoje treinos bidiários no Estádio dos Coqueiros, em Luanda, sob orientação dos treinadores adjuntos Ivo Traça e Mário Soares.

Paulo Duarte, que assinou contrato de um ano e mais um de opção com o tetracampeão angolano, deve chegar a Angola no fim desta semana.

Dezasseis equipas vão disputar o Girabola 2020/21, entre as quais o estreante Baixa de Cassange de Malanje.

O Girabola 2019/2020 não teve campeão, porque os clubes decidiram por unanimidade, em 30 de abril passado, anular a competição, interrompida em março devido a pandemia, sobretudo para "salvaguardar a saúde e os gastos avultados com os atletas cujos contratos expiravam em maio".

Angola, que desde 26 de maio vive situação de calamidade pública, conta atualmente com 5.114 casos positivos da covid-19, sendo 2.847 ativos, 185 óbitos e 2.082 recuperados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.