O Recreativo do Libolo, campeão e líder do campeonato angolano de futebol, anunciou a saída do treinador Sebastien Desabre, alegando "divergências" na "gestão do plantel da equipa", nomeadamente na "valorização dos seus ativos".

Em comunicado a que a Lusa teve acesso esta segunda-feira, a direção do clube esclarece ainda que a saída do técnico francês, consumada na paragem do ‘Girabola' após o final da primeira volta, foi feita por rescisão amigável do contrato.

O documento ressalva que a direção do clube da província do Cuanza Sul "sempre colocou e colocará acima de qualquer interesse a salvaguarda e boa gestão do valor económico dos ativos" da instituição, remetendo para os próximos dias a apresentação do novo treinador.

A equipa principal de futebol do Recreativo do Libolo está a estagiar na região do Algarve, em Portugal, devendo regressar a Angola na terça-feira, estando o arranque da segunda volta do ‘Girabola' agendado para 10 de julho.

Em 15 jogos disputados, o Recreativo do Libolo lidera o campeonato com 30 pontos, mais quatro do que o trio que ocupa a segunda posição, constituído por Benfica de Luanda, Kabuscorp do Palanca e 1.º de Agosto.

O francês Sebastien Desabre assumiu oficialmente o comando técnico do Libolo no início do ‘Girabola' de 2015, em fevereiro, substituindo o angolano Miller Gomes, com quem a equipa venceu o campeonato de 2014.

Depois de ter anunciado que iria fazer uma formação de treinador na Europa, Miller Gomes foi apresentado em abril como técnico do Kabuscorp do Palanca, vice-campeão de 2014.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.