O Sagrada Esperança vai realizar os próximos dois jogos em casa, a porta fechada (sem público), devido ao castigo aplicado pela Federação Angolana de Futebol (FAF), em consequência do comportamento negativo dos seus adeptos na partida da 3.ª jornada, frente ao 1.º De Agosto.

De acordo com um comunicado da FAF que a Angop teve acesso esta sexta-feira, trata-se dos jogos frente ao Recreativo do Libolo, referente a 5.ª jornada, a disputar-se sábado, 21, e ao Sporting de Cabinda, marcado para o dia 10 de Setembro.

Nesta partida, diante do 1.º de Agosto, disputado no Estádio Sagrada Esperança, os adeptos atiraram objectos para o relvado e para o banco do 1.º de Agosto, depois de o árbitro ter anulado uma jogada de contra-ataque do Sagrada Esperança, alegando fora de jogo e assinalado uma grande penalidade a favor dos militares.

Esta atitude obrigou a equipa de arbitragem a parar o jogo cerca de cinco minutos, só retomada depois das forças policiais controlarem os ânimos dos adeptos.

Nesta partida os lundas perderam por 0-1.

O Sagrada Esperança ocupa actualmente a 11.ª posição, com três pontos, fruto de uma vitória e três derrotas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.