O Interclube, líder do Girabola2018 com 25 pontos, terá, terça-feira, uma deslocação difícil ao terreno do Recreativo do Libolo do Cuanza Sul, Estádio de Calulo, na abertura da 12ª jornada do campeonato nacional de futebol da primeira divisão, que envolve o primeiro e o 10º classificado.

O encontro entre dois campeões (Inter tem dois títulos e o Libolo quatro), separados por 11 pontos na corrente prova, está agendado para as 15 horas e constitui o principal atractivo da jornada.

Os “polícias” vêm de uma pesada goleada de 5-0 sobre o JGM do Huambo, último colocado com três pontos, enquanto a formação do Cuanza Sul empatou na ronda anterior sem golos no terreno do Desportivo da Huíla, pelo que vai procurar, em casa, somar os três pontos em disputa e recuperar terreno na tabela classificativa, onde tem 14 pontos.

Nos últimos encontros entre si, no Girabola2017, houve um empate (1-1) em Calulo, na primeira volta, e vitória do Inter, por 1-0, em Luanda, na segunda.

Por sua vez, o Kabuscorp do Palanca, segundo colocado com 18 pontos, joga no dia seguinte (quarta-feira) com o Progresso do Sambizanga (9º com 14 pontos), num dos “derby’s” luandenses a ter lugar no Estádio dos Coqueiros, a partir das 17:30.

Tendo em conta o actual estado de forma das equipas, a realizarem uma prova aceitável, aguarda-se por jogo equilibrado, o qual poderá levar ao campo grande número de aficionados, já que os intervenientes possuem massa associativa considerável.

Ainda na quarta-feira, haverá, no Estádio 11 de Novembro, em Luanda, o desafio entre o 1º de Agosto (bi-campeão nacional), quinto com 15 pontos, e o Desportivo da Huíla, quarto com 17.

Os “agostinos” vêm de uma vitória de 3-1 sobre o Domant do Bengo e são favoritos neste encontro entre equipas afectas às Forças Armadas Angolanas (FAA), apesar de o adversário estar a cima na tabela classificativa. Os huilanos na ronda passada não foram além de um empate nulo com o Libolo, na cidade do Lubango.

Já o Sagrada Esperança (6º com 15 pontos), depois de empatar na 11ª jornada no seu terreno com o Sporting de Cabinda (1-1), vai, quarta-feira, ao planalto central ao encontro do JGM do Huambo, último classificado com três pontos e goleado pelo Inbterclube (0-5) na jornada finda.

Apesar de jogar fora do seu convívio, os “lundas” afiguram-se como favoritos, ante um adversário quase sem argumentos na prova.

Numa posição incómoda (14º/11 pontos), o Sporting de Cabinda recebe, também quarta-feira, no estádio do Tafe, o Kuando Kubango FC (15º/ 11p) e vai procurar explorar ao máximo o factor casa para superar o oponente.

Realce também para o “derby” benguelense, quinta-feira, entre a Académica do Lobito, que está a protagonizar uma boa prova (3º com 18 pontos), e o 1º de Maio, 11º com 12 pontos, no Estádio de Ombaka, às 16 horas.

O Estádio Mundunduleno, na cidade do Luena, vai albergar o jogo entre o FC Bravos do Maquis e o Recreativo da Caála do Huambo, num desafio que opõe o 13º com 12 pontos (Maquis) ao oitavo classificado, com 14 pontos.

Para o fecho da jornada, o Petro de Luanda, “ferido” com a primeira derrota na prova, 0-1, frente ao Recreativo da Caála, recebe quinta-feira (16 horas), no Estádio 11 de Novembro, o Domant FC do Bengo, que, apesar do desaire consentido na ronda anterior, criou muitas dificuldades ao 1º de Agosto.

Os “petrolíferos” somam 14 pontos, no sétimo lugar, mais dois que o representante da província do Bengo (12º).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.