O treinador do 1º de Maio de Benguela, Agostinho Tramagal, admitiu esta quarta-feira que a descida de divisão da equipa proletária ao segundo escalão do futebol angolano é um facto consumado.

O técnico, que falava depois da derrota por 0-1 diante da Académica do Lobito, ressaltou o momento difícil da formação benguelense na tabela classificativa, daí assumir com realismo o “adeus” ao Girabola, principal escalão do futebol angolano.

"Não tem mais esperança nenhuma. A possibilidade era ganhar a Académica e pensar noutros jogos", afirmou Tramagal, que não obstante prometeu “tudo fazer" para a equipa encarar os próximos jogos com fair-play e assim terminar com dignidade o campeonato.

Relativamente ao dérbi com a Académica, o timoneiro deu mérito aos académicos pela vitória, sublinhando que os proletários estiveram longe de conseguir o empate.

Agostinho Tramagal afirmou que o clube não conseguiu fazer um campeonato regular.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.