O jogador do Benfica de Luanda Gilberto Amaral poderá regressar aos treinos dentro de duas a três semanas, garantiu hoje, na capital, o cardiologista que o acompanha Luís Mariano.

Em declarações à imprensa para esclarecer o estado clínico do atleta, o médico referiu que o futebolista está bem de saúde e, por uma questão de precaução, deverá ficar em repouso pelo menos duas a três semanas e só depois retornará, de forma gradual, à sua actividade profissional.

Segundo ainda o especialista, nos exames electrocardiogramas que se fizeram nas últimas 24 horas não se registaram quaisquer anomalias, o que significa que do ponto de vista clínico o coração do jogador funciona normalmente, podendo o mesmo ter alta já nesta quarta-feira.

Gilberto teve este domingo, em Luanda, uma queda aos 27 minutos de jogo que o deixou inanimado, em partida que a sua equipa venceu por 2-1 o Progresso do Sambizanga, no estádio dos Coqueiros, referente à 18ª jornada do campeonato nacional de futebol da primeira divisão.

O médio recebeu os primeiros socorros na relva e de seguida foi transportado por uma ambulância para uma clínica da capital já recuperado.

Já na unidade hospitalar, de acordo com o médico Luís Mariano, na segunda-feira, o internacional angolano Gilberto teve um quadro de perda de consciência, denominada comoção cerebral. “Fizemos os exames e inclusive uma ressonância magnética cerebral e está tudo normal” frisou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.