O 1º de Agosto e o Petro de Luanda, principais candidatos à conquista do Girabola, procuraram, este final de semana, somar três pontos fora de casa para elevarem as suas posições na classificação, numa jornada (5ª) em que defrontam, respectivamente, o Santa Rita e o Ferrovia do Huambo, adversários teoricamente acessíveis.

No entanto, a ronda reserva o confronto Sagrada Esperança da Lunda Norte – Recreativo do Libolo do Cuanza Sul, um dos mais equilibrados do fim-de-semana, embora estas equipas não estejam ainda no seu melhor neste princípio de época. Os “libolenses” ocupam a quinta posição com nove pontos e os “lundas” a 11ª com três.

O D’Agosto, terceiro com nove pontos (detentor do troféu), visita domingo, no Estádio 4 de Janeiro, no Uíge, o Santa Rita de Cássia, 16º e último com um ponto, e afigura-se como favorita, tendo em conta o potencial do seu plantel que persegue o quinto título consecutivo.

O desequilíbrio entre ambas é tão acentuado, mas a formação do Uíge certamente quererá aproveitar o factor casa para inverter o favoritismo dos “rubro-negros”, pois vê-se na “obrigação” de pontuar para sair da desconfortável “calda” da tabela classificativa.

Os “militares” vão moralizados pelo triunfo (2-0) da ronda anterior sobre o Ferrovia do Huambo, enquanto o Santa Rita pretende redimir-se do desaire frente ao FC Bravos do Maquis, por 3-1.

Por sua vez, o Petro de Luanda (10º/4 pontos) vai ao encontro do estreante Ferrovia do Huambo (14º com um ponto), um adversário que se pode considerar de “outro campeonato”, se ter em comparação as qualidades técnico-individual dos seus executantes e o histórico em girabolas.

Mas os petrolíferos terão que se empenhar para provar em campo o seu nível competitivo, visto que nos três jogos até então realizados obtiveram empate, derrota e vitória, sendo esta última na mais recente jornada, quarta-feira, diante do Sagra Esperança, por 1-0. O Ferrovia perdeu na quarta jornada frente ao 1º de Agosto, 0-2.

O campeonato nacional é liderado pela Académica do Lobito com 10 pontos.

Eis a jornada:

Sábado

Sagrada Esperança – Libolo (Estádio Sagrada Esperança), 15h

1º de Maio – Wiliete de Benguela (Estádio de Ombaka), 15h

Progresso do Sambizanga – Sporting de Cabinda (Estádio dos Coqueiros), 16h

Domingo

Santa Rita – 1º de Agosto (Estádio 4 de Janeiro), 15h

Cuando Cubango FC – Interclube (Estádio dos Eucaliptos), 15h

Recreativo da Caála – Bravos do Maquis (Estádio Mártires da Kanhala), 15 h

Segunda-feira

Ferrovia-Petro de Luanda, (Ferrovia), 15h30

Terça-feira

Desportivo da Huíla – Académica do Lobito (Estádio do Ferroviário), 15h30.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.