O presidente do Kabuscorp do Palanca, Bento Kangamba, garantiu hoje que tem estado a pagar a dívida ao treinador sérvio Zaran Maki, enquanto o 1.º de Agosto diz já ter liquidado a dívida ao futebolista Bryan Moya.

A Federação Angolana de Futebol tinha anunciado na sexta-feira que o Kabuscorp estava impedido de inscrever jogadores por dívidas ao antigo treinador, punição semelhante dada ao 1.º de Agosto, por dívidas a Brian Moya.

“Isso é uma nota interna que já chegou à nossa direção no final do mês passado. Nós apresentamos o que já pagámos à FIFA, e a FIFA por sua vez nos ordenou a pagar até junho a dívida que temos com o professor Zoran Maki. Isso é normal. A FAF deve respeitar o Kabuscorp, pois não se deve falar sobre o Kabuscorp todos os dias. Quando se dorme fala-se do Kabuscorp e, quando se acorda, também se fala sobre o Kabuscorp. Pedimos às pessoas na Federação Angolana Futebol que respeitem o Kabuscorp”, disse Bento Kangamba.

Em comunicado, o 1.º de Agosto disse não ter qualquer dívida a Bryan Moya, lembrando que havia um contrato entre o jogador e o Zulia, assinado em data anterior à sua vinculação ao 1.° de Agosto, sendo que o jogador tinha uma indemnização ao clube venezuelano.

Segundo o clube, o Tribunal Arbitral do Desporto tinha permitido que o jogador atuasse pelo 1.º de Agosto, com a FIFA a referir que o 1.° de Agosto “seria solidário no pagamento dessa indemnização no caso do jogador não honrar as suas responsabilidades”.

“Assim sendo e na defesa intransigente dos seus legítimos interesses, a direção do 1.° de Agosto negociou a rescisão amigável do contrato com Bryan Moya, sem quaisquer encargos futuros para o clube. No entanto, na passada quinta-feira, a FAF comunicou-nos a sanção aplicada pela FIFA, com efeitos imediatos, o que pressupõe que o atleta não pagou, no prazo definido, a compensação reclamada pelo Zulia”, lê-se no comunicado do 1.º de Agosto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.