O Petro de Luanda tenta impedir, quarta-feira, a “cavalgada” vitoriosa do Interclub no Girabola2015, no desafio de destaque da terceira jornada do Campeonato Nacional de Futebol da Primeira Divisão, a ter lugar no Estádio 11 de Novembro, na capital do país.

O jogo foi antecipado em virtude do envolvimento dos petrolíferos nas eliminatórias de acesso à fase de grupos da Taça da Confederação Africana de Futebol (CAF).

Depois da vitória no fim-de-semana sobre o Bravos do Maquis (2-1), o Petro, terceiro classificado com três pontos, está motivado com o objetivo de conquistar os três pontos ante a formação da polícia, que goleou (5-2) o Sporting de Cabinda na ronda anterior e lidera a competição com seis pontos.

Já o Kabuscorp do Palanca (vice-campeão), com dois empates neste início de campeonato, será visitado, quarta-feira, pela Académica do Lobito, que teve a honra de derrotar domingo último o candidato ao título 1º de Agosto, no Estádio do Buraco, por 2-0.

Neste fim-de-semana, a formação do Palanca recebe o Lydia Academic do Burundi, para a segunda “mão” das eliminatórias da Liga dos Clubes Campeões de África.

Outro encontro aguardado com grande atenção na terceira jornada será sábado, no estádio Mundundulueno, no Luena, entre o FC Bravos do Maquis e o 1º de Agosto.

As duas equipas vêm de um desaire da ronda anterior. Os anfitriões foram batidos na sua deslocação ao terreno do Petro (1-2), enquanto os militares baquearam (0-2) ante da “regressada” Académica do Lobito, na principal surpresa da jornada.

A cidade do Dundo vai acolher um “duelo” entre equipas do leste, nomeadamente o Sagrada Esperança da Lunda Norte e o Progresso da Lunda Sul.

Os anfitriões depois de terem sido derrotados na ronda inaugural frente ao Interclube, não deverão permitir um segundo desaire no seu terreno, enquanto os visitantes procuram o segundo triunfo no campeonato.

O Estádio do Tafe, em Cabinda, vai testemunhar a partida entre o Sporting local e o Atlético Sport Aviação (ASA), a primeira a ser disputada nesta região do país.

Os anfitriões sofreram a primeira goleada no Girabola na visita ao Interclube, por 2-5, ao contrário dos “aviadores” que empataram a uma bola com o Sagrada Esperança da Lunda Norte.

O Recreativo do Libolo (campeão em título) somente a 13 de Maio disputa o seu jogo da terceira ronda, no Lubango, frente ao Desportivo da Huíla, face a viagem esta semana dos libolenses ao terreno do Sanga Balende da República Democrática do Congo, onde terá a segunda mão da primeira eliminatória de acesso a Liga africana.

Fica adiado “sine die” o desafio Progresso do Sambizanga - Benfica de Luanda, devido ao envolvimento dos benfiquistas na Taça da Confederação Africana.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.