O técnico do Kabuscorp do Palanca, Romeu Filemon, afirmou ontem, que as constantes falhas no sector defensivo ditaram a derrota da sua equipa frente ao Progresso do Sambizanga por 2-1, em jogo referente a primeira mão dos quartos de final da Taça de Angola em futebol.

Em declarações à imprensa, no final da partida disputada no estádio dos Coqueiros, o técnico reconheceu que o seu conjunto foi bastante frágil no sector defensivo sobretudo na primeira parte, onde o adversário soube criar espaços de manobras e levar vantagem.

"Pegamos no ponto de vista defensivo e ofensivo, onde a nossa linha média não conseguiu segurar os três médios da equipa adversária", frisou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.