A direcção do 1º de Maio de Benguela afastou hoje o treinador Eddie Cardoso do comando da equipa principal de futebol, após nove jornadas.
Segundo o vice-presidente para o futebol Rui Araújo a onda de maus resultados registada no campeonato nacional estão relacionados com o seu afastamento, devendo a equipa passar a ser orientada, provisoriamente, pelo técnico adjunto, Paulino Júnior.
A equipa em nove jornadas somou apenas duas vitórias e sofreu quatro derrotas consecutivas, onde a última foi diante do Atlético do Namibe por expressivos  4-1 e encontra-se na 14ª posição, com apenas sete pontos.
Na próxima jornada, que abre esta sexta-feira, os encarnados de Benguela recebem o Progresso do Sambizanga, 11º classificado com dez pontos.
Este é o segundo afastamento de um treinador na presente temporada, depois da saída de Miller Gomes, no Petro de Luanda.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.