O técnico do FC Bravos do Maquis, Zeca Amaral, afirmou esta sexta-feira, no Luena, ser importante vencer o jogo deste sábado, diante do Recreativo da Caála, no estádio Mundunduleno, para manter «acesa a chama» da luta pelos lugares cimeiros. 

Segundo ele, os seus pupilos estão preparados sobre a necessidade de ganhar os jogos em casa, assegurando que contra o Recreativo da Caála não fugirá a regra, neste desafio da 11ª ronda do Girabola 2013.

Disse esperar que a equipa goze de boa saúde até ao dia do encontro frente ao oitavo colocado, com 13 pontos, para contar com os futebolistas que nunca alinharam por lesão ou doença e que podem contribuir para a vitória.

«Queremos que, até sábado, nada aconteça em termos de lesão. Nunca tivemos todos jogadores disponíveis. Esperamos que neste tudo corra bem», augurou o treinador dos vice-líderes (19 pontos).

«Comparativamente com a história, neste momento seríamos nonos ou décimos em termos de tempo de existência. Mas não significa que os atletas vão para o campo com o medo da camisola do adversário, pois eles estão conscientes que têm valor e por isso darão o máximo para vencer», finalizou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.