O Olympiacos, equipa orientada pelo treinador português Pedro Martins e onde atuam Rúben Semedo e José Sá, estará muito perto de ser despromovido do escalão principal do futebol grego.

Além disso, o seu presidente, Evangelos Marinakis, deverá ser erradicado em definitivo do futebol e o clube terá ainda de pagar uma multa de três milhões de euros. Tudo por manipulação de resultados.

Segundo avança a imprensa grega, apesar da Federação Grega de Futebol ter arquivado o caso, um elemento do Código de Conduta concluiu que existem suspeitas razoáveis de manipulação em três jogos do Olympiacos.

O caso remonta a 2015.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.