O antigo futebolista John Carew, internacional norueguês que jogou na Liga inglesa, francesa e espanhola, foi condenado hoje a 14 meses de prisão efetiva, por fraude fiscal agravada, informou o tribunal de Oslo.

O ex-avançado, de 43 anos, foi condenado por não ter declarado ao fisco norueguês uma verba a rondar os 12,8 milhões de coroas (cerca de 1,2 milhões de euros) obtidos entre 2014 e 2019, bem como uma fortuna pessoal de 300 milhões (cerca de 29 ME) e tendo em conta que é residente fiscal no país.

Carew começou a jogar futebol no Valerenga e ainda representou o Rosenborg, mas ganhou maior notoriedade fora da Noruega, conquistando a Liga espanhola, pelo Valência, e duas Ligas francesas, ao serviço do Lyon.

Na carreira, em que foi 91 vezes internacional pela Noruega, vestiu ainda as cores de Roma, por empréstimo do Valência, Besiktas, Aston Villa, Stoke City e West Ham.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.