Emerson Ferretti, antigo guarda-redes, vai render Guilherme Bellintani como presidente do Bahia e tornar-se no primeiro presidente assumidamente homossexual do futebol brasileiro.

"Em primeiro lugar, a minha eleição não foi por isso. A minha eleição foi porque eu me qualifiquei, me preparei para estar na presidência. O fato de ser gay vem junto, mas não como principal. Não deixa de ser um marco no futebol brasileiro", referiu em entrevista ao Globo Esporte.

O antigo guarda-redes de emblemas como o Grêmio e Flamengo foi eleito com 1089 votos e vai liderar o clube até 2026.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.