O Hull City, da segunda liga inglesa de futebol, anunciou hoje o falhanço nas negociações para contratar Pedro Martins, admitindo “não conseguir satisfazer as exigências” do treinador português.

“Após longas negociações com Pedro Martins não conseguimos chegar a um consenso, por isso tomamos a decisão de as cancelar. O Pedro é um grande treinador, mas sentimos que não conseguimos satisfazer as suas exigências. Por isso, agradecemos-lhe o interesse no Hull City e desejamos-lhe o melhor para o futuro”, refere um comunicado do presidente do clube.

De acordo com o documento, a direção do clube, que ocupa a 17.ª posição da ‘Championship’, “está satisfeita” com o trabalho de Andy Dawson, que assumiu recentemente o comando interino depois da demissão de Shota Arveladze.

“O ambiente no estádio na quarta-feira [vitória por 2-1 sobre o Wigan] mostrou que temos um clube unido, e foi incrível observar o apoio dado pelos adeptos a Andy e aos jogadores”, refere o comunicado, que dá conta da continuidade do técnico.

Pedro Martins, de 52 anos, está sem clube desde agosto, depois de ter deixado comando técnico dos gregos Olympiacos, que orientava desde a época 2018/2019.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.