O Al-Hilal, comandado pelo português Leonardo Jardim, impôs-se hoje frente ao Al-Faisaly, do compatriota Daniel Ramos, e conquistou a Supertaça saudita em futebol, triunfando apenas no desempate por grandes penalidades (4-3).

A equipa de Jardim, que conquistou a Liga dos Campeões asiática em novembro do último ano, sucedeu ao Al Nasr.

O tento inaugural de Al Amri, apontado ao minuto 16, e um outro do francês Romain Amalfitano (24) parecia deixar o Al-Faisaly bem encaminhado para conquistar o troféu no Estádio Internacional King Fahd, em Riade.

Contudo, ainda no primeiro tempo, o médio Salem Al Sawsari (40) reduziu, instantes antes do cabo verdiano Julio Tavares receber ordem de expulsão, deixando a equipa de Daniel Ramos com 10 elementos.

Após o descanso, Yasser Al Shahrani (53), assistido pelo ex-portista Moussa Marega, restabeleceu a igualdade, que se manteve até ao final do tempo regulamentar, seguindo-se o desempate por penáltis, que 'caiu' para o lado do atual campeão saudita.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.