O treinador português João Pedro Sousa apresentou uma queixa na FIFA contra o Al Raed, da Arábia Saudita, depois de o clube de futebol o ter suspendido e avançado para a rescisão de contrato por justa causa.

De acordo com a nota divulgada pela assessoria de imprensa de João Pedro Sousa, o Al Raed “tentou chegar a acordo com o treinador, pagando parte do que lhe é devido da totalidade do contrato”, depois de, numa primeira fase, ter suspendido o técnico “do seu trabalho legítimo” por declarações prestadas aos jornalistas.

“João Pedro Sousa obviamente recusou tal proposta, por ser totalmente dono da razão legal e moral. Posto isto, o Al Raed decidiu avançar com rescisão por justa causa. O treinador português, tendo pleno conhecimento de que não há nenhuma base legal para esta decisão, decidiu recorrer para a FIFA a fim de ver ser-lhe reconhecido aquilo que lhe é devido, a totalidade do contrato”, refere o comunicado.

Na semana passada, após uma derrota com Al Nassr (0-3), o antigo treinador de Famalicão e Boavista foi suspenso do cargo, por ter criticado, em conferência de imprensa, alguns jogadores da própria equipa, que ocupa a antepenúltima posição da Liga saudita.

“Se o Al Raed quer crescer e evoluir, não pode ter jogadores que faltam ao treino e nada acontece, não pode ter jogadores que não têm as mínimas condições de treinar da forma como chegam ao treino, não pode ter jogadores com contratos de três anos e que não se importam de ir jogar para a segunda divisão. Este clube merece respeito”, afirmou na ocasião o técnico português.

João Pedro Sousa iniciou a época no Boavista, mas acabou por deixar o clube 'axadrezado' no final de novembro do ano passado.

Em janeiro, assumiu o comando do Al Raed, no qual alinha o avançado internacional português Éder, tendo conquistado apenas uma vitória em oito partidas à frente dos sauditas, que se encontram em zona de despromoção, quando faltam duas jornadas para o final do campeonato.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.