Nove dos emblemas que fizeram parte do projeto falhado da Superliga europeia foram reintegrados na Associação Europeia de Clubes (ECA) de futebol depois de terem retirado o pedido de renúncia, anunciou hoje o organismo.

Em comunicado, o Conselho Executivo da ECA explicou que AC Milan, Arsenal, Chelsea, Atlético de Madrid, Inter Milão, Liverpool, Manchester City, Manchester United e Tottenham voltam a fazer parte do quadro de associados, depois de terem “abandonado a Superliga e admitido que o projeto não era do interesse da comunidade do futebol”.

“Esta edição marca o fim de um episódio lamentável e turbulento para o futebol europeu e alinha-se com o objetivo implacável da ECA para fortalecer a unidade no futebol europeu”, considerou o organismo.

Em maio, estes nove clubes já tinham sido reintegrados na UEFA.

A ECA adiantou que os casos de Real Madrid, FC Barcelona e Juventus, apontados como os principais ‘motores’ da criação da Superliga europeia e que estão atualmente sob a alçada disciplinar da UEFA, serão avaliados mais tarde.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.