O italiano Paolo Vanoli é o novo treinador do Spartak Moscovo, que despediu esta semana o português Rui Vitória devido as maus resultados na Liga russa de futebol

"Paolo assinou com o Spartak. A apresentação decorrerá amanhã (sexta-feira)", revelou o agente do treinador, Andrea D'Amico, citado pela imprensa russa.

À exceção do modesto Domegliara, há cerca de uma década, Vanoli, 49 anos, nunca trabalhou como treinador principal, tendo nos últimos anos sido assistente de Antonio Conte no Inter de Milão, Chelsea e seleção italiana.

O Spartak anunciou na quarta-feira ter afastado Rui Vitória do comando técnico, clube que comandava desde o início da atual temporada.

O treinador, de 51 anos, deixou o clube de Moscovo no nono lugar do campeonato russo, a sete pontos dos lugares de acesso às provas europeias, e com lugar garantido nos oitavos de final da Taça da Rússia e da Liga Europa.

Ao todo, Rui Vitória fez 26 jogos em todas as provas e obteve nove vitórias, tendo falhado o acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões, depois de perder nos ‘play-off’ com o Benfica.

Na última ronda da Liga russa, o Spartak Moscovo perdeu em casa do Sochi, por 3-0.

Três vezes campeão nacional pelo Benfica, esta foi segunda passagem de Rui Vitória pelo futebol internacional, depois de antes ter estado três temporadas na Arábia Saudita, no Al Nassr.

Além do Benfica, o técnico de Alverca do Ribatejo passou por Vitória de Guimarães, clube em que venceu uma das duas Taça de Portugal, Paços de Ferreira, Fátima e Vilafranquense.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.