A decisão de Pogba foi confirmada pelo treinador da equipa de Turim, Massimiliano Allegri. "Pogba iniciou os treinos hoje de manhã, mas parou e decidiu avançar para a cirurgia", disse o técnico, na véspera do jogo contra o Paris Saint-Germain para a 'Champions'.

Lesionado desde julho, no menisco lateral do joelho direito, Pogba começou por não optar pela cirurgia, procurando outras abordagens para o seu problema, para manter intactas as hipóteses de ser selecionado para o Mundial, agendado de 20 de novembro a 18 de dezembro.

O jogador tinha iniciado esta semana a corrida nos campos de treino do clube de Turim.

No início de agosto, a escolha de tratamento foi de 'terapia conservadora', prevista para cinco semanas, com uma parte em piscina e ginásio e outra em trabalho atlético no terreno.

Pogba, presença habitual na seleção de Didier Deschamps (tem 91 seleções e 11 golos), não joga pelos 'azuis' desde 29 de março, no particular em que derrotaram a África do Sul, por 5-0.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.