O treinador português Pedro Caixinha abandonou o comando técnico da equipa de futebol do Talleres, cargo que ocupava desde março, depois de uma derrota no campo do Rosário Central (1-0) para o campeonato, anunciou hoje o emblema argentino.

Caixinha, de 51 anos, deixa o Talleres no 24.º lugar da Liga argentina com apenas mais quatro pontos que o último classificado, o Lanús (28.º), e após um registo de cinco jogos seguidos sem vencer na competição.

Na sua passagem pelo clube de zona de Córdoba, o técnico de Beja alcançou apenas três vitórias em 16 jogos no campeonato, mas levou o Talleres a uma inédita presença nos quartos de final da Taça Libertadores, em que acabou eliminado pelo Vélez Sarsfield.

Desde 2012/13, Caixinha tem feito toda a carreira fora de Portugal, passado pelo Santos Laguna (México), Al-Gharafa (Qatar), Rangers (Escócia), Cruz Azul (México) e Al-Shabab (Arábia Saudita), antes de ter chegado à Argentina.

No futebol luso, o treinador alentejano liderou a União de Leiria e o Nacional da Madeira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.