O São Paulo qualificou-se na quinta-feira para a final da Taça Sul-americana de futebol, juntando-se ao Independiente del Valle, ao afastar o Atlético Goianiense nos penáltis (4-2).

No Estádio do Morumbi, em São Paulo, perante 53.988 espetadores, a formação da casa conseguiu anular o desaire por 3-1 sofrido em Goiânia graças a dois golos de Patrick, um na primeira parte (quatro minutos) e outro na segunda (64).

Face ao triunfo por 2-0 do São Paulo, o encontro resolveu-se no desempate por penáltis, no qual os anfitriões foram mais eficazes, já que só falharam um pontapé (Luciano), enquanto os forasteiros desperdiçaram dois (Baralhas e Leo Pereira).

O apuramento para a final foi selado ao nono pontapé da série, com o argentino Giuliano Galoppo a bater Renan e a qualificar a equipa comandada pelo ex-guarda-redes Rogerio Ceni.

Na final, marcada para 01 de outubro, no Estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba, na Argentina, o São Paulo vai enfrentar o Independiente del Valle, do Equador, que, na outra meia-final, ‘despachou’ o Melgar, do Peru, com dois triunfos por 3-0.

O São Paulo (vencedor em 2012) e o Independiente del Valle (2019) procuram o segundo título na segunda prova de clubes da hierarquia da CONMEBOL.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.