O Shanghai SIPG, orientado pelo treinador português Vítor Pereira, perdeu hoje em casa na segunda mão das meias-finais do ‘play-off’ com o Jiangsu Suning, por 2-1, e foi afastado da final da Superliga chinesa de futebol.

A equipa de Vítor Pereira, que tinha empatado a 1-1 na quinta-feira em casa do Jiangsu Suning, chegou à vantagem por Yang Shiyuan (1-0), aos 25 minutos, mas permitiu a reviravolta concretizada por Wu Xi (1-1), aos 78, e Luo Jing (1-2), aos 107 do prolongamento.

O brasileiro Hulk, que já representou o FC Porto, começou o jogo no banco e foi lançado por Vítor Pereira aos 66 minutos, numa altura em que o Jiangsu Suning já se encontrava reduzido a 10 unidades, por expulsão de Abduhamit Abdugheni, aos 57.

O Shanghai SIPG, que tinha vencido o grupo B da fase regular, foi afastado da final pelo segundo classificado do grupo A, que espera agora o vencedor da eliminatória que opõem o vice-campeão Beijing Guoan ao campeão Guangzhou Evergrande.

O derrotado do confronto entre o Beijing Guoan e o Guangzhou Evergrande, que regista um empate a 0-0 na primeira mão, irá decidir com o Shanghai SIPG o terceiro lugar.

A presente temporada da Superliga chinesa tem um formato diferente, com as equipas divididas em dois grupos de oito na fase regular, que apurou os quatro primeiros de cada para um ‘play-off’ para decidir o campeão, em eliminatórias a duas mãos.

O português Vítor Pereira, antigo treinador bicampeão pelo FC Porto e campeão pelos gregos do Olympiacos, está à frente do Shanghai desde 2018, tendo sido campeão no ano de estreia e vencido a Supertaça da China em 2019.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.