O espanhol Abelardo Fernandéz é o terceiro treinador a deixar o Espanyol esta época, com o clube catalão a anunciar hoje a saída, na tentativa de manter a equipa na Liga espanhola de futebol.

“O clube tomou esta decisão devido ao rendimento desportivo da equipa e com clara vontade de salvar a presença do conjunto na Liga”, refere o comunicado do Espanyol, emblema que a sete jornadas do final é 20.º e último classificado da primeira divisão espanhola.

A equipa está a oito pontos do Eibar, o primeiro acima da linha de descida, no 17.º lugar, enquanto em 18.º está o Maiorca e em 19.º o Leganés.

Abelardo, que enquanto jogador se notabilizou sobretudo no FC Barcelona, pelo qual foi campeão e venceu a Taça das Taças e a Supertaça europeia, tinha assumido o comando técnico do Espanyol no início do ano.

O técnico, de 50 anos, entrou à 19.ª jornada, substituindo Pablo Machín, que também já tinha sido alternativa, a partir da nona ronda, a David Gallego, o treinador que tinha iniciado a época, proveniente da equipa B.

Segundo a imprensa espanhola, a equipa será comandada nas jornadas em falta por Francisco Rufete, antigo jogador e que até agora era diretor desportivo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.