O ex-presidente do FC Barcelona Joan Laporta, de novo na corrida à liderança do clube nas eleições de 18 de julho, anunciou que, se ganhar, o ex-futebolista francês Eric Abidal será o secretário-técnico.

Laporta, que foi presidente entre 2003 e 2010 e foi sucedido por Sandro Rosell (2010 a 2014) e por Josep Maria Bartomeu (2014), justificou hoje que Abidal assumirá o cargo por ser um dos heróis do clube catalão.

O jogador, internacional francês, representou o FC Barcelona entre 2007 e 2013, período durante o qual lhe foi diagnosticado um tumor no fígado, obrigando-o a uma primeira intervenção cirúrgica e, depois, com o agravar, a um transplante.

Laporta revelou que o antigo lateral tem uma energia que transmite a todos nesta campanha eleitoral.

Da sua parte, Abidal lembrou que sempre disse que o FC Barcelona é o seu clube e que iria regressar no dia em que se retirasse.

O jogador, após sair do FC Barcelona em 2013, ainda esteve uma época no Mónaco e na última nos gregos do Olympiacos.

Na apresentação da candidatura, Laporta fez-se acompanhar dos ex-futebolistas Giuly e José Ramón Alexanco, dos ex-basquetebolistas Audie Norris, Roger Grimau e Roger Esteller, e do ex-andebolista Enric Masip.

O advogado e político espanhol, deputado no parlamento catalão, disse saber que tem o apoio dos jogadores e referiu mesmo que com a estrela Messi existe telepatia: “estou seguro que o Leo sabia que eu ia-me candidatar, mesmo antes de mim, porque é um génio”.

Caso volte à presidência do FC Barcelona, Laporta pretende que ‘La Masia’, a formação do clube, volte a ser um dos pilares, no objetivo de tornar o clube com viabilidade e sustentabilidade financeira.

“Dá gosto ver os jogadores do Barça provenientes da La Masia. Queremos fomentar estas bases, para que continuem a sair jogadores. Queremos fomentar as bases para uma próxima década prodigiosa”, referiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.