Drenthe não regressou ao Hércules de Espanha, após a pausa natalícia, alegando ordenados em atraso.

O braço-de-ferro mantém-se há seis dias e os adeptos do emblema espanhol decidiram manifestar o seu desagrado com a atitude do jogador ao pintarem as paredes do estádio Rico Pérez com insultos ao holandês.
O Hércules refere que apenas deve um mês de ordenado ao jogador, contrariando a versão apresentada por Drenthe.

O holandês de 23 anos está emprestado ao Hércules, pelo Real Madrid por uma temporada.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.