Carlo Ancelotti, antigo treinador do Real Madrid, confessou que, quando chegou à capital espanhola, teve de falar com Ronaldo para perceber melhor as intenções do jogador português.

“Cristiano Ronaldo era o jogador mais importante do Real Madrid. Tive de ouvir onde ele preferia jogar e adaptar-me. Mas não foi difícil porque ele prefere atuar pelo lado esquerdo, Benzema é um fantástico avançado e Bale gosta de jogar no lado direito. Julgo ter sido uma boa solução”, afirmou o italiano, em declarações ao ‘Daily Mail’.

Ancelotti explicou ainda o porquê de ter recusado o convite do Manchester United para suceder a Alex Ferguson no verão de 2013.

“Não fui para o United porque já tinha conversado com o Real Madrid. Foi essa a única razão. O Manchester United é uma equipa fantástica, que qualquer treinador gostaria de orientar, mas já estava comprometido com o Real Madrid”, referiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.