Arturo Vidal apresentou uma queixa contra o Barcelona junto da Conselho Disciplinar da Liga Espanhola e na Associação de Futebolistas Espanhóis. A notícia é avançada peço jornal 'ABC'.

Diz a mesma fonte que o jogador chileno reclama uma verba de 2,4 milhões de euros que, segundo ele, não terá sido pago pelo Barcelona. O montante diz respeito ao cumprimento de objetivos na época passada.

Mas o Barcelona alega que o jogador fez uma leitura errada do seu contrato, na cláusula que diz respeito ao número de jogos disputados.

Vidal tinha direito a um prémio caso disputasse 60 por cento dos jogos oficiais. Ora o chileno não chegou a atuar em 60 por cento dos jogos mas, mesmo assim, defende que teria direito a receber metade do montante estipulado no contrato, já que fez os minutos exigidos.

Mais um sinal da infelicidade do jogador em Camp Nou. Vidal já assumiu que quer deixar o clube por não estar a ter os minutos que acha que devia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.