No comunicado, o Barcelona afirma que não violaria as regras de FIFA e que tem uma excelente relação com o clube inglês.

«O Barça desmente rotundamente qualquer negociação ou acordo com o jogador. De acordo com as normas da FIFA, a política de contratações do Barcelona deu sempre prioridade à negociação com o clube de origem do jogador», refere o comunicado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.