No comunicado, o Barcelona afirma que não violaria as regras de FIFA e que tem uma excelente relação com o clube inglês.

«O Barça desmente rotundamente qualquer negociação ou acordo com o jogador. De acordo com as normas da FIFA, a política de contratações do Barcelona deu sempre prioridade à negociação com o clube de origem do jogador», refere o comunicado.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.