O FC Barcelona, demasiado perdulário, voltou hoje a perder pontos na Liga espanhola de futebol, empatando 1-1 em casa do Alavés, em jogo oitava jornada da prova, ficando cada vez mais longe do líder Real Madrid.

Os catalães estão no 12.º lugar e somam apenas oito pontos nos seis jogos que disputaram, ficando a oito do eterno rival, que comanda com uma partida a mais e que, esta época, já ganhou por 3-1 na Catalunha.

O Alavés adiantou-se aos 31 minutos, na sequência de um desentendimento defensivo, bem aproveitado por Luis Rioja para ficar com a bola e marcar: Piqué atrasou para Neto, mas o guarda-redes brasileiro atrapalhou-se e perdeu o controlo do esférico, erro que lhe custou um golo.

Ao intervalo, Trincão substituiu Dembélé no Barcelona e, aos 58, Tomás Tavares estreou-se no Alavés, que, aos 62, ficou reduzido a 10 elementos por expulsão, por acumulação de cartões amarelos, de Jota Peleteiro.

O FC Barcelona demorou um minuto a reagir, pois, na sequência de um corte infeliz, fora da área, a bola foi em direção à baliza, encontrando o francês Griezmann, que a ‘picou’ sobre o guarda-redes e empatou.

A equipa de Ronald Koeman fez mais do que o suficiente para voltar a marcar, mas o guarda-redes Pacheco, com grandiosa exibição, ou uma perna na muralha contrária garantiram que o empate persistiria até ao fim.

Horas antes, o português João Félix bisou no triunfo do Atlético de Madrid por 3-1 na visita ao Osasuna, que permitiu aos ‘colchoneros’ subir provisoriamente ao segundo lugar.

Primeiro, aos 43 minutos, o antigo jogador do Benfica converteu a grande penalidade que castigou um empurrão pelas costas do argentino Facundo Roncaglia a Vitolo: aos 48, novo penálti, por mão, involuntária, de Oier, mas o remate de Félix foi devolvido pelo poste.

O Atlético de Madrid desperdiçava várias oportunidades – aos 49 Correa, de fora da área, também atirou ao ferro –, até que o jovem internacional português, em contra-ataque, aos 69 minutos, surgiu liberto na zona frontal e, apertado, rematou forte, fazendo o seu terceiro golo no campeonato.

Com este resultado, o Atlético de Madrid, única equipa sem derrotas no campeonato espanhol, integrou o trio de segundos classificados, com 14 pontos, em seis jogos, a dois do líder Real Madrid, que tem sete partidas disputadas.

Os ‘merengues’ tiveram um desafio sereno frente ao Huesca, com um esclarecedor 4-1 e com direito a ‘bis’ do francês Karim Benzema.

O Sevilha esteve a ganhar em casa do Athletic Bilbau, contudo os bascos deram a volta e triunfaram por 2-1, sendo 10.º classificados com nove pontos, enquanto os andaluzes são 14.º com sete.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.