O Barcelona recebeu e venceu este domingo o Osasuna por expressivos 4-0. A partida fica marcada por uma grande atuação de Lionel Messi, que fechou a contagem com um grande golo no qual aproveitou os festejos para homeagear Diego Armando Maradona. O astro argentino, falecido esta semana, já tinha sido homenageado antes do apito inicial pela formação catalã, que representou no início da década de 1980.

O primeiro golo da partida foi assinado pelo dinamarquês Martin Braithwaite, de cabeça, num lance em que Messi ainda se fez a bola...com a mão (a fazer lembrar alguém?). O 2-0 surgiu depois à beira do intervalo, num grande golo do francês Antoine Griezman.

Griezman que depois assistiu o brasileiro Phillipe Coutinho para o 3-0, ainda antes da hora de jogo. Mas o melhor estava guardado para o fim. O português Francisco Trincão, que tinha entrado pouco depois do 3-0, passou a bola a Messi e este fez magia, ajeitando para o pé esquerdo selando o resultado final com um fulminante disparo.

Depois, nos festejos, Messi aproveitou para prestar tributo a Maradona. Debaixo da camisola do Barcelona tinha vestida outra, do Newell's Old Boys, clube que tal como o Barça, ambos representaram: Messi nas camadas jovens, Maradona já na fase final da carreira.

Com o triunfo, o Barça chega aos 14 pontos e sobe ao 8.º lugar, tendo contudo um jogo em atraso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.