Os responsáveis do Barcelona estão a perder a paciência com Ousmane Dembélé. A vida extra-futebol do jovem jogador francês não agrada nada aos responsáveis 'culés' e se Dembélé não mudar o seu comportamento para dar o melhor rendimento em campo, a opção vender será ainda pior.

É que quando o Barcelona contratou o extremo/avançado ao Borussia Dortmund, os alemães garantiram uma mais-valia de 40 milhões de euros, caso o jogador fosse vendido antes do final do seu atual contrato. A notícia é avançada pelo diário alemão 'Die Welt'.

No verão de 2017 o Barcelona pagou 105 milhões de euros pelo passe do jogador, sendo que os alemães podem receber ainda mais 40 milhões de euros, caso o jogador consiga determinados objetivos no clube blaugrana.

Se os responsáveis dos campeões espanhóis optarem por vender o jogador francês em janeiro ou então no próximo verão, o Barcelona terá de pagar mais 40 milhões de euros ao Borussia Dortmund, fazendo o negócio Dembélé 'disparar' para 145 milhõs de euros, o que faria ele o terceiro jogador mais caro da história do futebol.

Na primeira temporada no Barcelona, Dembélé fez apenas 23 jogos e quatro golos. Esta época leva seis golos em 15 jogos mas a sua vida extra-futebol tem deixado os responsáveis do Barcelona apreensivos. O jogador tem chegado atrasado a alguns treinos, até já chegou a faltar alguns. Os próprios jogadores do Barcelona já vieram a público condenar a vida do jogador francês, como foram os casos de Suárez e Iniesta, antes de deixar os culés. Até o selecionador francês comentou os atrasos do jogador.

No dia 16 de novembro, o jogador faltou um treino por, supostamente, ter passado a noite a jogar video-jogos com os amigos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.