O Betis venceu hoje por 2-0 a Real Sociedad, na 12.ª jornada da liga espanhola de futebol, liderada pelo Real Madrid, e trocou de posição no quarto lugar com o emblema de San Sebastian, 'encostando' ao Atlético de Madrid.

Com o português Rui Silva na baliza e William Carvalho a sair do banco aos 70 minutos, o triunfo do Betis foi arrancado a ferros nos minutos finais do encontro, com golo de Juan Cruz, aos 86 minutos, e Borja Iglésias, aos 90+3.

O Betis regressou aos trunfos após a derrota com o Atlético de Madrid (2-1) e ascendeu do quinto ao quarto posto, com 23 pontos, em igualdade pontual com o Atlético, terceiro, e com mais um ponto do que a Real Sociedad, quinta, com 22.

O grupo perseguidor, à distância, dos primeiros classificados, Real Madrid, com 32 pontos, e FC Barcelona, com 31, fica agora separado por dois pontos e inclui Atlético de Madrid (23), Betis (23), Real Sociedad (22) e Athletic Bilbau (21).

O Athletic venceu o Villarreal por 1-0, com um golo do ganês Iñaki Williams, aos 59 minutos, e mantém-se colado ao grupo da frente, seguindo na sexta posição, com 21 pontos.

O Villarreal, que estreava internamente o novo treinador Quique Setién, que já esteve no banco no empate 2-2 com o Hapoel Be’Er Sheva, para a Liga Conferência Europa, segue na oitava posição, com 18 pontos.

O líder Real Madrid deixou-se aproximar pelo FC Barcelona, ao empatar na receção ao Girona (1-1), num encontro com final polémico, na sequência de dois lances decididos pelo VAR.

O Real Madrid somou o segundo empate na competição (10 vitórias e nenhuma derrota), mas vai finalizar a ronda com apenas um ponto de vantagem sobre o FC Barcelona, segundo classificado, que no sábado venceu em Valência por 1-0.

O brasileiro Vinicius Júnior deu vantagem ao atual campeão europeu aos 70 minutos, mas o Girona, que chegou a este jogo no penúltimo lugar da ‘La Liga’, refez a igualdade aos 80, numa grande penalidade convertida pelo veterano avançado uruguaio Stuani.

O lance do penálti, assinalado com recurso ao VAR, foi muito protestado pelos jogadores do Real Madrid, mas a ‘guerra’ dos ‘merengues’ com árbitro da partida não ficou por ai.

Aos 90 minutos, o brasileiro Rodrigo festejou o que seria o golo da vitória do Real Madrid, mas o VAR anulou o lance, e, aos 90+1, o alemão Kroos foi mesmo expulso com duplo cartão amarelo.

Mesmo assim, o Real segue isolado no comando do campeonato, agora com o FC Barcelona mais perto, enquanto o Girona aumentou o grupo de equipas com 10 pontos, no 16.º posto, com Sevilha, Cádiz e Getafe.

No primeiro jogo do dia, o Osasuna recebeu e bateu o Valladolid, por 2-0, e subiu ao sexto posto, posição que dá acesso às competições europeias.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.