O Real Madrid perdeu o clássico com o Barcelona em casa e viu os catalães ´dispararem` na liderança da Liga Espanhola, agora com 14 pontos de vantagem sobre os merengues (que tem menos um jogo). Um resultado que complica as aspirações do Real Madrid em revalidar o título, mas que não deita a equipa abaixo. Quem o garante é Dani Carvajal, jogador que foi expulso no lance do 2-0 dos culés.

"Estamos a 14 pontos, vamos encarar isto como sempre encarnamos: vencer, sabendo que teremos mais pressão para ganhar e que não temos muita margem de erro. A equipa vai dar tudo, vai lutar pela Liga até que a matemática diga o contrário", garantiu o lateral direito, à margem de um evento de lançamento de um videojogo em Madrid.

Além da Liga, os merengues também têm ambições na Liga dos Campeões e depois de se tornarem na primeira equipa a vencer a prova em duas edições consecutivas (desde que mudou de formato), os merengues não querem parar por aqui e desejam o terceiro título seguido.

"[A Champions, a Copa do Rei e a Liga] são os três títulos pelos quais o Real Madrid luta sempre. A Liga está complicada, mas não vamos dar o braço a torcer. Ainda temos a Champions e a Taça do Rei. Faltam seis meses fantásticos, com desafios que teremos de enfrentar", atirou o lateral.

Ainda sobre a derrota caseira com o Barcelona, Dani Carvajal admitiu que o penálti que cometeu e que resultou na sua expulsão foi o momento-chave do jogo.

“Foi uma pena perder um jogo assim com um rival em casa, estamos lixados, mas somos o Real Madrid, há que levantar a cabeça. Vamos ter uma semana de descanso e vamos voltar mais fortes para atacar o que resta da época”, comentou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.