Casemiro, médio do Real Madrid, concedeu uma entrevista ao Canal Movistar Plus onde confessa que uma das suas virtudes enquanto jogador de futebol é a intensidade que colocam em campo, e fez questão de explicar esta característica como uma comparação curiosa.

"Sou agressivo na forma como vou à bola. Não quero saber se é o segundo ou 90.º minuto, disputo cada bola como se fosse um prato de comida. Vou sempre à bola como se fosse a última que fosse disputar na minha vida", afirmou o ex-jogador do FC Porto.

Apesar de agora ser uma das peças fundamentais no esquema de Zinedine Zidane, o médio de 27 anos lembrou que a sua história com o treinador francês não começou por ser bem assim.

"Lembro-me de quando Zidane veio para a equipa. Eu não joguei nos primeiros cinco jogos e perguntava-me a mim próprio: 'Mas o quê que se está a passar? Ele sempre disse coisas positivas sobre mim'. Então, fui até ao escritório dele e disse-lhe: 'Míster, estamos em Janeiro, quero ter um papel importante na equipa, quero jogar'. E só me lembro de ele se virar para mim e dizer: 'Case, calma. Quando começares a jogar, nunca mais vais parar'", concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.