O avançado português do Real Madrid afirmou hoje que ainda não renovou pelo clube madrileno e considerou que, apesar de desconhecer o que o futuro lhe reserva, neste momento está bem onde está.

«Não renovei», assegurou Cristiano Ronaldo. «Essa situação não está ainda solucionada. Não me compete falar disso porque não é o momento oportuno. Mais lá para a frente talvez se saiba algo mais concreto, mas de momento o que me compete é treinar, jogar e preparar-me», indicou.

Questionado sobre as palavras do presidente do clube madrileno, Florentino Pérez, garantindo que o extremo português acabaria a carreira no Real Madrid, Cristiano foi mais claro: «Não confirmo que vá acabar a carreira aqui».

«Apenas quero fazer o meu trabalho. O meu futuro não sei. Neste momento sou jogador do Madrid e o futuro não sei. Veremos o que se vai passar. De momento estou bem onde estou», sublinhou o avançado.

Cristiano também deu a sua opinião sobre Carlo Ancelotti, o seu novo técnico nos "merengues", afirmando que os jogadores estão «muito contentes» com o italiano.

«Os jogadores estão felizes e os treinos estão a ser muito bons. Estamos a trabalhar para começar a Liga da melhor forma. O treinador é muito carinhoso com todos», declarou Cristiano Ronaldo.

O avançado português deixou claro que os seus objetivos para esta temporada são os mesmos que nos anos anteriores.

«Os meus objetivos pessoais são os mesmos. Cada temporada é um desafio para mim. Vou tentar ser melhor do que ano anterior. Sei que é complicado, mas sou uma pessoa de desafios. Gosto de competir e vou tentar dar o máximo para ajudar os meus colegas. Vou ser como sou sempre: um lutador que dá o máximo pelo clube», declarou.

Ronaldo escusou-se a dar a sua opinião sobre o interesse do Real Madrid no galês do Tottenham Gareth Bale, pelo qual o clube espanhol poderá desembolsar cerca de 100 milhões de euros.

«Não me compete falar de possíveis contratações. Estou muito feliz com os jogadores que tenho a meu lado. São de grande qualidade. Para falar de Bale está cá o presidente, o treinador e o resto do pessoal competente. Não quero interferir. Não vou dar a minha opinião em frente às câmaras. Também não vou falar do preço. Não sou eu que vai dizer se [Bale] vale ou não», concluiu.

Acerca da final do torneio Guinness International Champions Cup, que o Real Madrid vai disputar contra o Chelsea, treinado pelo ex-técnico madridista José Mourinho, em Miami, Cristiano Ronaldo foi cauteloso: «Vamos defrontar o Chelsea, não o seu treinador. É mais uma partida de preparação que queremos ganhar».

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.