Daniel Alves analisou o momento atual do Barcelona, clube que está num período conturbado, tanto no relvado como internamente. O antigo jogador blaugrana comentou as recentes críticas de Messi a todos no clube, incluindo jogadores, técnicos e direção.

"Messi é um vencedor nato, não gosta de perder e é normal que sinta alguma raiva. Messi quer sempre vencer, tal como eu. E isso acontece há tanto tempo que já percebes quando a equipa dá e quando não dá. É por isso que ele diz essas coisas, porque leva muitos anos de Barça e está ciente do que é preciso para vencer e aspirar a grandes coisas", começou por explicar, em declarações à Rádio Catalunha.

O agora lateral direito do São Paulo sabe do que fala: esteve oito épocas no Barcelona, entre 2008 e 2016, onde venceu todos os títulos possíveis. Por isso, não tem dúvidas: o clube precisa de jogadores de qualidade para voltar a vencer.

"Messi tem de estar mais protegido. Ele era o prato principal mas nós éramos os ingredientes perfeitos. Ele quer sempre estar no topo e precisas de gente que ajude a construir isso. A sensação que dá agora é que tem de ser sempre ele a puxar o carro, e ele é humano...", lembrou o lateral de 37 anos.

Apesar das críticas, Dani Alves não tem dúvidas: o futuro de Messi é no Barcelona.

"Messi é a bandeira do clube e da equipa e seria o maior erro que cometeria na sua vida. Seria um erro se ele não se retirar no Barcelona e não mudarem o nome de Camp Nou para o de Leo Messi", completou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.