No final da temporada 2017/2018, Zinedine Zidane espantou tudo e todos ao anunciar a saída do comando do Real Madrid. Esta segunda-feira, em entrevista ao 'Journal du Dimanche', o agente de Zidane explicou as razões para a saída inesperada.

Alain Migliaccio revelou que Zidane "estava esgotado, muito nervoso. Decidiu viver um ano sabático e não vai recuar". Quanto à possibilidade de rumar à Premier League, nomeadamente para treinar o Manchester United caso José Mourinho saísse, o agente afirmou que "Inglaterra, não é o estilo de Zidane. Já falei com ele e isso não o atrai."

Questionado sobre a Vecchia Signora, onde joga Cristiano Ronaldo, Migliaccio confirmou a hipótese. "A Juventus é uma possibilidade porque há uma história por trás, é o clube do seu coração". Mas, nos últimos dias, o nome do antigo treinador do Real Madrid tem sido apontado a outro colosso europeu: o Bayern de Munique.

Os alemães estão há quatro jogos sem vencer e a imprensa germânica avançou esta segunda-feira que a saída do técnico Niko Kovac pode estar para breve. Caso o lugar fique vago, Zidane é apontado como uma das alternativas, assim como Arsène Wenger e Laurent Blanc.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.