Depois da surpreendente revelação de Gerard Piqué de que vai colocar um ponto final na carreira de jogador e que o encontro deste sábado, na receção do Barcelona ao Almería, será o seu último em Camp Nou, muito se tem especulado em Espanha sobre o porquês desta inesperada decisão.

Esta sexta-feira, a Cadena SER revela que Piqué foi alertado pelo treinador (e antigo colega) Xavi Hernández de que o Barça iria contratar novos reforços para o setor defensivo, o que limitaria ainda mais o tempo de jogo do veterano central internacional espanhol. Sentindo que passaria a ser uma opção de último recurso, Piqué tomou a decisão de se retirar.

Ainda de acordo com a mesma fonte, Piqué não tinha a intenção de se retirar a meio da temporada, mas as críticas de que vem sendo alvo, contribuíram também para esta sua decisão.

Já o jornal 'Marca' revela também que Piqué anunciou a sua intenção a Laporta, presidente do Barcelona, na semana passada, explicando ao dirigente que o melhor era deixar o clube, face à forma como se estava a desenrolar toda a situação. Laporta terá aceite e proposto até que fosse preparada uma cerimónia de despedida, numa conferência de imprensa em que estivessem presentes o jogador e representantes do clube, mas Piqué não quis, preferindo comunicar o seu 'adeus' no vídeo que colocou nas redes sociais.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.