Após a vitória do Valência diante do Villarreal, por 2-0, o argentino Enzo Pérez demonstrou-se farto das críticas de que é alvo no emblema 'ché'.

"Sabem que não gosto muito de falar, procuro sempre fazê-lo dentro de campo. Há um ano que me querem mandar embora do clube. Sempre que acontece alguma coisa má o primeiro nome que aparece como estando no mercado é o do Enzo Pérez", atirou.

"Primeiro disseram que era um elemento tóxico no balneário porque digo as coisas na cara. Agora que sou capitão de equipa diz-se que há falta de liderança. Quando tiver de ir vou dizer as coisas na cara de quem tenho de dizer. O futuro não depende só do jogador", acrescentou.

Enzo Pérez deixou o Benfica em 2014 para rumar ao Valência.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.