O futebolista português Pizzi manifestou-se hoje satisfeito com a sua estreia ao serviço do Espanyol, na sexta-feira, e afirmou que o clube catalão, da primeira divisão espanhola, é aquele que mais poder ajudá-lo a crescer.

«Tinha outras ofertas de Espanha, de Portugal e de outras equipas, mas quando fui para o Benfica e soube da minha nova situação, decidi que queria vir para o Espanyol. Creio que é o clube que mais me ajudará a crescer. Falei com Simão e ele só me disse coisas boas deste clube e de Barcelona, por isso escolhi o Espanyol e creio que foi a melhor decisão», afirmou o avançado luso.

Contratado pelo Benfica ao Atlético de Madrid e finalmente cedido por uma época ao Espanyol, Pizzi ficou satisfeito com o seu desempenho frente aos franceses do Montpellier, mas reconheceu que tem de «melhorar muito a nível físico e técnico», embora tenha tido «boas sensações».

O extremo comentou também a importância do compatriota Simão Sabrosa para a equipa, afirmando que «em Portugal e fora do país é um jogador de referência, um ídolo para muita gente».

«Quando era miúdo, gostava muito dele. Estou convencido de que a sua experiência e forma de ser nos podem ajudar muito. Vejo-o com muita vontade», completou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.