A lista de nomes para suceder a Manuel Pellegrini na próxima época já vai longa e lá está também o nome do português José Mourinho.

No entanto, o ainda técnico merengue prefere lembrar que tem contrato e que este dura para além do final desta época.

“Espero cumprir o meu contrato até ao fim. Falta-me mais um ano e ninguém no clube me disse o contrário.”

O chileno não quer, contudo, centrar atenções sobre a sua permanência ou não em Madrid e recorda que a equipa tem de lutar pelos seus objectivos até ao fim.

“O que menos importa é o meu futuro. Vamos tentar ganhar o que falta e isso é que importa. No momento certo para fazer avaliações, eu e os dirigentes iremos sentar-nos para falar sobre o futuro, mas este não é o momento.”

À frente do Real está o Barcelona, neste momento com mais seis pontos e também mais um jogo, e Pellegrini lembra que não é uma missão impossível ultrapassar a equipa orientada por Guardiola.

“Já estivemos com cinco pontos de desvantagem para o Barcelona e conseguimos recuperar”, acrescentando que “o jogo mais importante é sempre o próximo”, neste caso com o Almeria, que os merengues enfrentam esta noite, às 19h.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.