O FC Barcelona vai receber os jogos em casa no Estádio Lluís Companys em 2023/24, devido às obras de renovação de Camp Nou, numa mudança que irá custar entre 15 a 20 milhões de euros, anunciou hoje o clube.

Numa apresentação conjunta com a câmara municipal de Barcelona, o presidente Joan Laporta explicou que o Estádio Olímpico Lluís Companys terá todas as condições para receber os adeptos do emblema catalão e revelou que o clube ficará responsável por toda a segurança e limpeza do recinto antes, durante e depois dos jogos.

“Esta alteração irá custar entre 15 a 20 milhões de euros e tudo faremos para garantir que os adeptos do FC Barcelona se sintam em casa durante a época de 2023/24. As obras de renovação já começaram, mas na próxima temporada ainda será possível receber jogos em Camp Nou com todas as condições necessárias. Em 2023/24, teremos mesmo que abandonar temporariamente a nossa casa”, disse Laporta.

Construído em 1927, o Estádio Olímpico foi renovado em 1989 para receber os Jogos Olímpicos Barcelona1992 e foi a ‘casa’ do Espanyol em 1997 e 2009.

Com capacidade para 60 mil espetadores, o recinto é o quinto maior de Espanha e mudou de nome em 2001, passando de Estádio Olímpico de Montjuic para Estádio Olímpico Lluís Companys, em homenagem ao antigo presidente da região da Catalunha nos anos 30 do século passado e que acabou assassinado em 1940.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.