A FIFA confirmou hoje que o futebolista Kieran Trippier pode alinhar pelo Atlético de Madrid enquanto durar o recurso dos ‘colchoneros’ ao castigo de 10 semanas imposto ao inglês por desrespeitar as regras sobre apostas desportivas.

“Face ao recurso e às medidas cautelares apresentados pelo Atlético de Madrid, o Comité de Recurso da FIFA aprovou a suspensão da prorrogação (a nível internacional) da sanção contra Kieran Trippier até à conclusão do procedimento perante o Comité de Apelo da FIFA”, esclareceu o organismo.

A Federação Inglesa (FA) puniu Trippier com 10 semanas de suspensão e aplicou-lhe uma multa de 70.000 libras (cerca de 77.500 euros ao câmbio atual) num caso em que entende que o atleta teve “má conduta em relação às regras das apostas desportivas”, que remonta a julho de 2019 e no qual a entidade sancionou quatro das sete acusações de que era alvo.

O lateral direito de 30 anos poderia assim reaparecer este domingo no jogo com o Alavés, embora seja pouco provável que o faça, uma vez que nos últimos dias não pode treinar com a equipa devido à sanção.

Com a punição internacional decretada em 23 de dezembro, o internacional inglês falhou o desafio frente ao Getafe (1-0); o período da sanção não afetaria, contudo, a sua participação na seleção, sem qualquer jogo UEFA ou FIFA.

“Parece extremamente injusto que o Atlético de Madrid se encontre nesta situação que beneficia a Federação Inglesa, que é quem toma a decisão com base nesta resolução. Espero que esta situação possa ser analisada ou revista, porque o Atlético de Madrid está a pagar algo em que não teve participação”, queixou-se o treinador Diego Simeone depois do desafio com o Getafe.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.